o desaparecimento

exercício da aula de escrita para comédia: inspirados em “la disparition” de perec que inventássemos uma pequena anedota sem nunca usar a vogal “a” (e que até hoje não entreguei ao professor porque o texto não ficou cômico).

Dênis, somente Simone

Sempre foi difícil ser homem em excesso, de modo que, no primeiro de junho, Dênis  sentiu um intenso desejo de ser outrém. Quis, pois, desunir­-se de seu vigoroso membro que, frequentemente murcho, em tempo nenhum
ofereceu-­lhe préstimo. Sem poder incumbir­-se do custeio dos devidos procedimentos, inscreveu­-se no concurso Miss T Universo. Escolheu ter um nome único como Cher, foi de Simone. Num golpe de sorte e sucesso levou o prêmio. Dinheiro no bolso, sonho no peito, Dênis enveredou-­se em delírios insólitos. E eis que, como o célebre homem inseto do livro, despertou de sonhos  inquietos. Em seu leito, Dênis, sem o pênis, com seios e sem os pelos, descobriu-se somente: Simone.

2 Respostas para “o desaparecimento

  1. não sei se engraçado e cômico são a mesma coisa, mas me diverti

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s