A insustentável leveza do ser

O adoçante líquido veio na primeira grande compra, há uns dois anos, quando me mudei pra cá. E com ele vieram sacos de pano de chão, água sanitária, desinfetante, uns três frascos de detergente neutro. Uma caixa de palitos de dente. A poeira se entranhou em tudo. A tampa do adoçante está cheia de farelos brancos acumulados e a cada vez que decido usá-lo, numa média mensal, minha mão e minha boca ficam doces. Isso me incomoda.

Uma resposta para “A insustentável leveza do ser

  1. Ahhh! O meu adoçante também veio com a primeira compra, há uns quatro anos… Preciso comprar outro. Não, definitivamente não preciso. Ha.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s